2 de julho de 2017

Terraço do Grand Hotel Timeo, em Taormina: ao fundo, o mar Jônico e o imponente vulcão Etna

Há bons hotéis, hotéis sensacionais e hotéis inesquecíveis. O Belmond Grand Hotel Timeo, em Taormina, na Sicília, não só entra na última categoria como a eleva a outro patamar, a dos hotéis que penetram no nosso inconsciente e ficam para sempre fazendo aparições em nossos sonhos.

Vista da praia que banha o Belmond Villa Sant’Andrea: quem se hospeda no Timeo, tem transfer e praia praticamente particular

No bar do Belmond Grand Hotel Timeo, em Taormina, a vista é apenas sensacional

Lá comemorei meus 41 anos: uma noite e um dia de contemplação em companhia do meu marido, do Etna e do mar Jônico. Por-do-sol multicor, silêncio. Café da manhã na varanda do quarto, drinques de fim de tarde no páteo – aliás, tomar alguns coquetéis por ali é programa indispensável para quem vai a Taormina, mesmo não sendo hóspede, tanto pela qualidade da coquetelaria quando pelo visual de embasbacar.

Café da manhã do meu aniversário de 41 anos: na varanda do meu quarto no Grand Hotel Timeo

Restaurante ‘al fresco’ do Belmond Vila Sant’Andrea

Já me hospedei em alguns hotéis da rede Belmond pelo mundo e sempre, sempre, sempre tive experiências absurdamente prazerosas. Porém, confesso, o Timeo tem algo tão especial que chega a ser impalpável. É mais do que luxo, atendimento impecável, boa comida, localização deslumbrante: é uma aura de paz que faz parecer que o mundo tem sentido.

Sobremesa do meu jantar de aniversário: cinco texturas de chocolate

Outro ponto fortíssimo do Grand Hotel Timeo: a gastronomia. Aqui, Linguine com lagosta e tomatinhos locais

Localizado na parte alta de Taormina, bem ao lado do deslumbrante Teatro Grego (há, inclusive, uma passagem secreta dele diretamente para o hotel, usada somente nos dias de evento, para ‘retirar de cena’ os protagonistas, sejam cantores ou atores), o Belmond Timeo funciona apenas na alta temporada, permanecendo fechado do meio do outono ao fim do inverno. Então, no começo da primavera, ela vai tomando vida aos poucos. Seus lindos jardins vão renascendo.

Jardins do Grand Hotel Timeo, em Taormina

Piscina do Grand Hotel Timeo, em Taormina

Quem se hospeda lá conta com o transfer para a praia – praticamente particular – do outro hotel da rede, o Belmond Villa Sant’Andrea. Nada mal passar uma tarde estirada ao sol e, ao abrir os olhos, encontrar os azuis do mar quase ao alcance das mãos…

Teatro grego de Taormina: a edificação mais sensacional em que já estive, por duas vezes (e já fui ao Coliseu, Mesquita Azul, Santa Sofia, Notre Dame…). Que sorte.
Construído no século 3 A.C.

Eu, felizona sob o sol da Sicília, comemorando meus 41 anos no Belmond Grand Hotel Timeo

Um dia memorável.