28 de novembro de 2016
O Brasil tá bem - e ficando cada vez melhor - em cervejas artesanais. Prove!

O Brasil tá bem – e ficando cada vez melhor – em cervejas artesanais. Prove!

Um Viva! aos cervejeiros e cervejarias artesanais brasileiras que, apesar economia capenga, criam mais e mais rótulos de qualidade. Além da variedade crescente, também estamos saindo do esquema pura-e-simples replicação de estilos internacionais para explorar nossos maravilhosos ingredientes e criar assinaturas regionais, nacionais. Cervejas com sabores brasileiros, enfim. Isso vale vários brindes.

Essa seleção abaixo não pretende ser definitiva, trazer ‘as melhores’ e nem dar aula a ninguém (bem por que AMO cerveja mas estou looooooonge de ser uma especialista): é apenas um apanhado do que venho tomando e gostando, penso ter cara de calorão e incentivo meus leitores a provar.

Essa Saison Printemps me ganhou

Essa Saison Printemps me ganhou

Saison Printemps, cervejaria Dádiva, Saison

Para quem gosta de cervejas criativas, sem excesso de amargor e com notas de especiarias. Leva adição de damasco – o que se toma tanto no aroma quanto no sabor -, mas a fruta não domina nem torna a cerveja enjoativa. É equilibrada, fresca, daquelas que dá pra passar o dia bebendo.

R$ 20, preço médio garrafa de 300ml

10 Lúpulos, cervejaria Júpiter, Douple IPA

Meu rótulo favorito da Júpiter. Tendo a achar que eles exageram na pegada lupulada (pro meu paladar), mas esta tem uma belíssima e refrescante equação dos  lúpulos Simcoe, Ahtanum, Topaz, Amarillo, Cascade, Centennial, Columbus, Equinox, Citra e Motueka. Aroma de frutas, notas intensamente cítricas. Muito muito boa.

R$ 23, preço médio garrafa de 300ml

Cascara, cervejaria Zalaz, Sour
Cascara: sour preparada com chá de casca de café e raspas de limão cravo

Cascara: sour preparada com chá de casca de café e raspas de limão cravo

Dos meus rótulos mais queridos, a Cascara traz pegada azedinha que causa salivação e desejo de outro gole. Cerveja colaborativa entre ZalaZ e OneBrew, leva chá de casca de café e raspas de limão cravo da fazenda da Zalaz. Surpreendente, cheia de personalidade, deve ser apreciada por quem já curte o universo sour. Ótima escolha para quem curte Amaros e drinques como Negroni.

R$ 25, preço médio  garrafa de 375ml

Murici, Experimento Beer, Saison
Saison Murici da Experimento Beer: frutas adquiradas em pequenas comunidades

Saison Murici da Experimento Beer: frutas adquiradas em pequenas comunidades

Gastronomia sustentável não é um conceito distante e difuso: a necessidade de utilizar melhor os recursos – naturais e humanos – é uma absoluta realidade. Olhando a cerveja por um contexto regional, a Experimento Beer faz belíssimo trabalho de “pesquisa e criação de cervejas com frutas nativas e especiarias do Brasil, valorizando a origem e qualidade dos ingredientes, atuando em parceria com cooperativas e comunidades de agricultura familiar e ecoextrativismo de todos os biomas brasileiros”.

O murici é um fruto de arbusto encontrado em toda a região amazônica (e da mesma família da acerola). Ele empresta o toque refrescante a esta cerveja equilibrada e facílima de beber.

R$ 30, preço médio garrafa de 500ml

Extravaganza, cervejaria Treze, Saison

A palavra já foi usada aqui, mas não dá não repetir: eita, que refrescante! A adição de flor de hibisco acentua a acidez e empresta notas florais.

R$ 23, preço médio garrafa de 300ml

Funky & Sour, cervejaria Tupiniquim, Sour

Azeda, azeda, provocando sensação de algo levemente salgado. Ruim? Muito pelo contrário! Praticamente um ar condicionado portátil.

R$ 26, preço médio garrafa de 300ml

Soro N’aveia, Doktor Bräu, Summer Ale
A adição de aveia dá mais cremosidade a Soro N'aveia, da Doktor Bräu

A adição de aveia dá mais cremosidade a Soro N’aveia, da Doktor Bräu

Aroma cítrico, corpo leve, cremosidade emprestada pela adição de aveia: é mesmo uma cerveja que combina com a displicência do verão.

R$ 35, preço médio garrafa de 500ml

Skank, cervejaria Krug, Altbier

Para quem prefere menos porrada de lúpulo, essa é a escolha. Redonda, macia, aromas de caramelo e casca de pão. Altbier é um estilo da cidade de Dusseldorf, na Alemanha, o país que produz as cervejas que mais ‘garro’ paixão.

R$ 23, preço médio garrafa de 500ml

Circus, cervejaria Blondine, English IPA

Rótulo da incansável lançadora de rótulos, a Blondine, tem base maltada, amargor potente e aroma herbal.

R$ 26, preço médio  garrafa de 500ml

Hoppy Bird, RockBird Craft Brewery, American Pale Ale
Hoppy Bird

Hoppy Bird

O ‘pássaro lupulado’ leva centeio na formulação e traz aromas com notas de mel e abacaxi. Amargor controlado, o que me faria passar a tarde tomando garrafa após garrafa.

R$ 25, preço médio garrafa de 500 ml

IPA, cervejaria Da Mata, IPA

IPA classicona, bem feita. Lúpulos bem cítricos e aroma marcante de frutas tropicais (eu senti maracujá).

R$ 25, preço médio garrafa de 500ml

La Sorciére, cervejaria Urbana, Belgian IPA

Casamento do clássico maltado das cervejas belgas com lúpulos americanos. Daí nasceu essa belezinha repleta de fruta e caramelo no aroma e notas cítricas na boca.

R$ 22, preço médio garrafa de 300ml

Coffee Ipa, cervejaria Insana, IPA

Pra quem curte café gelado – e, no verão, eu acho que vai muito bem. Troque seu espresso diário por um copo dessa cerveja de final amargo fabricada com café do Norte do Paraná.

R$ 16, preço médio garrafa de 500ml