11 de setembro de 2017

Arroz de cogumelos com tucupi + creme de abacate com cacau e banana com tapioca caramelada + abobrinha grelhada com ricota e mel = R$ 45. No Vista Café

É sempre uma alegria presenciar a inauguração de bons endereços dedicados a culinária brasileira, sejam eles bares, restaurantes, restaurantes ou cafés: está mais do que na hora de valorizarmos algo no qual somos imensos. Pouca coisa é tão intrinsicamente brasileira quanto nossa biodiversidade que, neste caso, é transformada em prazeres comestíveis. O novo Vista Café, dentro do Museu Arte Contemporânea, é um destes locais que apresenta nossos ingredientes em sua melhor forma.

Ambiente interno do novo -e excelente – Vista Café, dentro do MAC

Instalado no mezanino do MAC, o Vista Café já seria agradável por sua localização, especialmente quando senta-se às mesas externas, dispostas num grande pátio defronte ao Parque do Ibirapuera. Mas o Vista é ainda melhor por unir ambiente calmo, comida deliciosa, fresca, brasileira (com uso predominante de insumos orgânicos) e bons preços.

O menu foi criado pelo talentoso Marcelo Corrêa Bastos, chef do Jiquitaia e chef executivo do Vista Café – em novembro, passará a comandar também o Vista Restaurantes, a ser inaugurado na cobertura do mesmo prédio. Mesmo Marcelo não dando expediente lá todos os dias, o que se vê são pratos tão equilibrados e bem executados quanto os do Jiquitaia. A diferença é a pegada mais leve, saudável, com abundância de vegetais e sem tanta carne.

No Vista Café, o almoço funciona assim: pelo preço do principal, escolhe-se também entrada e sobremesa. Na foto, pescada amarela com moqueca de camarção, abóbora assada e paçoca de carne seca; mousse de limão com castanhas

À partir das 10hs da manhã, até o horário de fechamento, é possível pedir pão de queijo (R$ 5), empadas (R$ 8), ovos fritos com abacate e tomate assado no pão australiano (R$ 15), sanduíches como o excelente queijo quente no brioche com taleggio e caju-ameixa do Seridó (R$ 18), misto quente de meia cura e lombo defumado (R$ 15), bagel com berinjela assada, mussarela de búfala, tomate e pesto (R$ 17) e bolo rústico de mandioca (R$ 9/fatia), entre outras sugestões.

O café fica a cargo do Urbe Café, que faz um belo trabalho preparando espresso, machiatto, cappuccino, pingado, latte (valores entre R$ 5,50 e R$ 10)…

No almoço, entre 12hs e 16hs, a coisa fica ainda melhor: pelo preço do prato principal, escolhe-se ele, entrada e sobremesa. Os valores giram entre R$ 40 e R$ 65 e as sugestões vão variar de acordo com a sazonalidade dos ingredientes. Agora, por exemplo, de entrada, há salada verdeabobrinha com ricota, mel e castanhas e abóbora assada com requeijão e paçoca de carne seca. Os principais trazem um estupendo arroz de cogumelos gordos e crocantes com tucupi, altas e suculentas postas de escada amarela com moqueca de camarão e costela braseada com purê de banana da terra e escarola. Para sobremesa, salada de frutas, levíssima mousse de chocolate branco com limão e farofa de castanhas e creme de abacate e cacau (chamado no menu de ganache vegana) com cubinhos de banana e tapioca caramelada.

Queijo quente com taleggio e geleia de ameixa e cafés preparados pelo Urbe Café. Opção do novo Vista

Quando estiver por lá, aproveite para visitar os cinco andares do Museu de Arte Contemporânea: além de mostras deslumbrantes, a entrada é gratuita.

 

Vista Café MAC Endereço Avenida Pedro Álvares Cabral, , 1301, Ibirapuera. São Paulo Preço $$$$$ Site http://www.instagram.com/vistaibirapuera Facebook https://www.facebook.com/VistaCafeMAC/