1 de novembro de 2016
Fettuccine com polvo grelhado e gremolata de coentro do Cozinha 212

Fettuccine com polvo grelhado e gremolata de coentro do Cozinha 212

As rústicas paredes de tijolos, itens decorativos que remetem ao litoral, almofadas em tons de branco e azul, bar incorporado ao salão e ampla grelha- que atrai todas as atenções – à vista dos clientes, fazem do novo Cozinha 212 um local agradável. O conjunto transporta os comensais para alguma festa chique em Ilhabela – o que não é de todo coincidência, visto que os sócios do local são Victor Collor de Mello e Stefan Weitbrecht.

Lagostins na brasa: uma das opções de entrada do Cozinha 212

Lagostins na brasa: uma das opções de entrada do Cozinha 212

Há alguns anos a dupla oferece jantares a amigos, tanto nas casas de São Paulo quanto na de Ilhabela. E foi dessa experiência que nasceu a ideia de abrir um restaurante no endereço do antigo Beato. O que se sente ali é mesmo a pegada ‘receber amigos’: o local é muito mais um ponto de socialização do que de oferta de gastronomia afinada. Um bar/restaurante para estar entre seus pares, conversar, tomar coquetéis e, também, comer. Parece que deu certo: filas são uma constante, tornando a calçada uma animada antessala.

Aviation e 1975: drinques do novo Cozinha 212, em Pinheiros

Aviation e 1975: drinques do novo Cozinha 212, em Pinheiros

O cardápio foca em carnes, frutos do mar e vegetais preparados na brasa. Por vezes o resultado é bom, como no caso das gordas e tenras costelinhas de porco com mostarda fermentada (R$ 42) – nenhum dos principais vem com acompanhamento, que precisa ser pedido a parte. A lista inclui batatas fritas com alho e tomilho (R$ 12), abóbora com purê de alho (R$ 12), mandioca na manteiga (R$ 14) e batata doce (R$ 12), entre outros.

Por vezes a brasa foge ao controle e resulta em erros tais quais o pão – insosso -, com partes carbonizadas, como o que veio à minha mesa compondo a Tostada do dia (R$ 20), que levava queijo de cabra (já frio), mel e tomilho.

Costelinhas de porco na brasa com mostarda fermentada do Cozinha 212

Costelinhas de porco na brasa com mostarda fermentada do Cozinha 212

Como se vê pela longa carta, os drinques são um grande foco do Cozinha 212. Contudo, não prezam pelo apuro no preparo. O Aviation (R$ 35), feito com gin Tanqueray e cereja ao maraschino, levou excesso de suco de limão, o que soterrou por completo o sabor do Luxardo. Já 1975 – com vodca, vodca canforada (?), doce de cambuci, hortelã e bitter (R$ 32) – trazia a compota compactada embaixo da caneca, sendo notada apenas nos últimos goles.

Tostadas do dia, do Cozinha 212: pão feito na casa (insosso), queijo de cabra, mel e tomilho

Tostadas do dia, do Cozinha 212: pão feito na casa (insosso), queijo de cabra, mel e tomilho

O prato mais equilibrado foi o fettuccine do dia (R$ 38, meia/R$ 44, inteira), com polvo em fatias e pesto de coentro: molusco macio e massa al dente. Entre os mais vendidos estão o Tartar de gado Angus com mostarda Dijon, alcaparras, shitake e fritas (R$ 32) e as Lulinhas com tomate e aioli (R$ 28).

Sobremesa do Cozinha 212: molho esfarelento e toffee que na verdade é creme a base de leite

Sobremesa do Cozinha 212: molho esfarelento e toffee que na verdade é creme a base de leite

O ponto mais decepcionante foi a sobremesa, descrita como “Bolo e toffee de manjericão com mascarpone (R$ 20)”. O bolo estava ressecado e esfarelento. O toffee – preparo tradicional que leva caramelo e boa dose manteiga (e/ou creme de leite) – não era toffee, mas sim creme a base de leite infusionado com manjericão.

A grelha, a atração principal do Cozinha 212

A grelha, a atração principal do Cozinha 212

Com tempo, vontade e cuidado, quem sabe, o Cozinha 212 poderá se juntar ao time do Arturito e do Chou, casas que usam o fogo e brasa de maneira magistral. Mas talvez nem precise disso para ser um sucesso de público …

Cozinha 212 Endereço Rua dos Pinheiros, 174, Pinheiros. São Paulo Preço $$$$$ Telefone 2478-6612 Site https://www.instagram.com/cozinha212/