23 de maio de 2016
Steak tartare de patinho com farofa de pão toscano puxada na manteiga (R$ 42) do Açougue Central

Steak tartare de patinho com farofa de pão toscano puxada na manteiga (R$ 42) do Açougue Central

Como todo bom cozinheiro – profissional ou amador – sabe, não existe carne de segunda. O que existe é carne bem ou mal feita. Claro que cortes menos macios tem, em geral, preparo lento; contudo, mostram-se mais saborosos do que os filés mignon e picanhas, além de serem mais baratos. Isso sem falar que utilizar o bichão inteiro é o mínimo que podemos fazer num mundo em que quase um terço dos grãos produzidos vão para alimentação de animais de corte e no qual uma imensidade de recursos naturais são alocados para que possamos nos fartar de proteína animal.

Ótimos Croquetes de carne músculo com purê de cará e queijo coalho (R$ 28)

Ótimos Croquetes de carne músculo com purê de cará e queijo coalho (R$ 28)

Pois o novo Açougue Central – que tem o chef Alex Atala entre os sócios – utiliza a máxima “não existe carne de segunda” para montar seu menu que traz patinho, músculo, ossobuco e acém provenientes de gados Wagyu e Angus. Mas os preços não são obrigatoriamente mais baixos… Afinal, lá paga-se não só pela comida como também pelo belo salão, pela localização, pelo serviço, pelo hype, etc.
Salão do Açougue Central: o barato é ficar o observando o trabalho do açougueiro e o movimento da cozinha

Salão do Açougue Central: o barato é ficar o observando o trabalho do açougueiro e o movimento da cozinha

Entre as entradas – da cozinha comandada pelo argentino Alejandro Peyrou-, o steak tartare de patinho é pouco condimentado, ressaltando o sabor da carne e o amanteigado da farofa de pão toscano (R$ 42). Já um dos queridinhos dos clientes, os Croquetes de músculo com purê de cará e queijo coalho (R$ 28) são deliciosamente cremosos. Há também Orelha de porco frita (R$ 25) e Linguiça com torresmo e cebolas assadas (R$ 28).

nhoque de batata com ragu de músculo (R$ 59) do Açougue Central

nhoque de batata com ragu de músculo (R$ 59) do Açougue Central

Da grelha saem sete de paleta (300 gramas, R$ 70), bife de patinho (250 gramas, R$ 60), short rib (R$ 16 a cada 100 gramas), hambúrguer (R$ 39, 200 gramas) e acém (R$ 21 cada 100 gramas, com pedido mínimo de 250 gramas). Bom esclarecer que esses valores referem-se somente a carne. Os acompanhamentos, como a excelente mandioca frita (R$ 18), vinagrete (R$ 10) e farofa (R$ 15), são vendidos à parte. Nas minhas duas visitas, todos os cortes que pedi vieram no ponto, bem feitos, sem excesso de sal.

 Short rib do Açougue Central: a ideia do local é valorizar os cortes considerados "de segunda"

Short rib do Açougue Central: a ideia do local é valorizar os cortes considerados “de segunda”

Porções de excelente mandioca frita e vinagrete com short rib do Açougue Central

Porções de excelente mandioca frita e vinagrete com short rib do Açougue Central

Para quem prefere carne como um item da refeição e não como a protagonista, há pratos tais como nhoque de batata com ragu de músculo (R$ 59), vaca atolada (R$ 65), leitão confitado com purê de batata e farofa de pimenta de cheiro (R$ 72), Bife à milanesa com tomate, gruyère gratinado, salada (R$ 62) e 1/2 galeto com pupunha, cebola e tomate (R$ 55).

Terraço do Açougue Central: muito mais acolhedor e agradável do que o salão principal

Terraço do Açougue Central: muito mais acolhedor e agradável do que o salão principal

Sobremesas são apenas três: bom sagu de vinho tinto com creme inglês (R$ 23), pudim (R$ 23) e tartelette de chocolate (R$ 23).

Bom sagu de vinho tinto com creme inglês (R$ 23)

Bom sagu de vinho tinto com creme inglês (R$ 23)

Achou os preços meio “de primeira”? Vá de menu executivo. De segunda à sexta, no almoço, saladinha, uma das opções de carne do dia (à vontade) e arroz, feijão, farofa e mandioca frita (também à vontade) sai por R$ 49.

Açougue Central Endereço Rua Girassol, 384, Vila Madalena. São Paulo Preço $$$$$ Telefone 3095-8800 Facebook https://www.facebook.com/acouguecentraloficial/?fref=ts