1 de agosto de 2017

Novo Oak: bar de coquetéis funciona no andar superior do Cateto, bar de cervejas especiais

Gosto bem de cerveja. Cerveja boa, claro. Não cerveja cara, obrigatoriamente: cerveja BOA (tem bastante coisa ruim  a preços bizarros). Por isso, o Cateto Pinheiros é um dos meus endereços favoritos na cidade para curtir rótulos que conheço e descobrir novos (o outro é o Âmbar).

Do novo Oak: Soco – Horse & Jockey (Southern Comfort, rum Appleton Estate, Angostura, Carpano clássico, alecrim e cereja, R$ 28) e Oak G&T (bulldog Gin envelhecido em barril de carvalho, tônica, laranja bahia caramelizada com açúcar mascavo e folha de verbena)

Gosto bem de coquetéis. Coquetéis bem feitos, claro. Não obrigatoriamente preparados por bartenders hypados, em endereços cool ou com destilados da moda: gosto de coquetéis BEM FEITOS. Daí que, há algumas semanas, o Cateto Pinheiros abriu um bar de coquetéis no segundo andar do imóvel. Agora, duas coisas que gosto estão no mesmo endereço, separadas apenas por uma escada.

Sanduíche de excelente linguiça de pato com ervas com manteiga de sálvia, no brioche (R$ 25) do Oak, em Pinheiros

O andar superior do sobrado no qual funciona o Cateto Pinheiros foi levemente reformado e transformado no Oak, bar de decoração rusticona, serviço eficiente e carta de coquetéis sem invencionices, bem executados e com amplo uso de bourbon – a marca Wild Turkey é patrocinadora.

O cardápio é dividido em Para Começar – com sugestões mais leves como o Dirty Wet Martini (Bulldog gin, salmoura de picles de pimenta e Noilly Prat, R$ 28) e Amaro e Soda (Amaro Lucano, soda, suco de laranja bahia, R$ 20)-, Whiskey Row – entre as opções, Cateto (Bourbon, Noilly Prat, xarope de agave, amaro Lucano e limão siciliano, R$ 28) -, Velho Mundo – que traz releituras ou execução de coquetéis clássicos como o Black Russian (vodca Skyy, licor de café artesanal e zest de limão, R$ 24), o equilibrado/cítrico/de fundo adocicado Oak G&T (preparado com bulldog Gin envelhecido em barril de carvalho, tônica, laranja bahia caramelizada com açúcar mascavo e folha de verbena, R$ 33) e o Cherry Sparkling (Sloe Gin Oak, xarope de hibisco, espumante, soda e cereja maraschino, R$ 31).

Cherry Sparkling (Sloe Gin Oak, xarope de hibisco, espumante, soda e cereja maraschino) e Rye Sazerac (Wild Turkey de centeio, xarope de mel de laranjeira, bitter oak, angostura e spray de absinto) do novo Oak

Há também uma pequena homenagem às bebidas de botequim como o Maria Mole (Jerez Fundador, Noilly Prato, Angostura de laranja e xarope de gengibre, R$ 26) e o Porquinho (cachaça Armazém Vieira infusionada no bacon, suco de laranja bahia, Carpano Clássico e angostura, R$ 26)

Para acompanhar os drinques do Oak há pequena e boa seleção de salumeria e tostadas como a de legumes assados, ricota de búfala e castanha de cajú

Meu favorito da visita foi o Rye Sazerac (Wild Turkey de centeio, xarope de mel de laranjeira, bitter oak, Angostura e spray de absinto, R$ 39), servido resfriado em copo baixo

Para comer é possível pedir as tábuas de queijos e embutidos artesanais do Cateto, sanduíches (como o de excelente linguiça de pato com ervas com manteiga de sálvia, no brioche, R$ 25) e tostadas.

Entrou na lista dos meus preferidos.

Oak Endereço Rua Francisco Leitão , 272, Pinheiros. São Paulo Preço $$$$$ Telefone 3063-5220 Facebook https://www.facebook.com/catetopinheiros/